Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Os Tubarões, Viseu, Portugal

Momentos da vida da banda portuguesa de rock "Os Tubarões" (1963 - 1968). Here you can find all about the 60's portuguese rock band "Os Tubaroes" (1963-1968).

18.04.17

SATISFACTION pornográfico num Sarau do Liceu.


os tubaroes, Viseu

Sarau no Liceu de Viseu (1967)

01 07 01  Scan_Pic0007 b 1.jpg

 

  No Liceu Nacional de Viseu as tradições académicas vividas nos anos 60 incluíam as festas de despedida dos alunos que terminavam o 3º ciclo - o 7º ano - normalmente nas idades entre os 16 e os 18 anos. No início do ano lectivo era eleita uma Comissão de Festas que organizava e promovia as festas de fim de “curso” que incluíam uma ou outra serenata, um Baile de Finalistas, um Sarau, uma tarde desportiva e a edição do livro de finalistas.

Após aprovação do respectivo calendário as festas tinham início com dois momentos especiais: a deslocação a Lisboa da Comissão de Festas para contratação dos Conjuntos para o Baile, o que era sempre uma grande aventura, e as serenatas que tinham forçosamente de começar no Lar do Sagrado Coração de Jesus, da Rua Alexandre Herculano, 214, normalmente ainda no mês de Dezembro.

 

2016-03-27 18.09.22 b.jpg

Selo Finalistas.jpg

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em regra a cronologia dos eventos apontava o baile de finalistas para o 1º fim de semana de Janeiro e, duas semanas depois, realizava-se o Sarau no Ginásio do Liceu. Os restantes eventos ocorriam durante o resto do tempo do 2º período, que ia até à Páscoa.

Os Saraus de Finalistas incluíam Canto Coral, Teatro, jograis e récitas terminando com uma parte musical. Tudo isto feito com a prata da casa, ou seja, estudantes finalistas.

Atendendo a que alguns de seus elementos também eram finalistas, “Os Tubarões” participaram nos Saraus de 1967 e 1968 tendo também actuado nos respectivos Bailes de Finalistas, em 1967 com o “Quinteto Académico” e em 1968 com “Os Sheiks”.

 

01 00 Tub196701070003.jpg

19680106 FinalistasViseu.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                  

 A 21 de Janeiro de 1967 realizou-se o Sarau do 7º ano (66/67). Foi um grande Sarau com um cartaz excelente, uma cuidada apresentação que incluía uma arrojada e muito conseguida adaptação teatral do "Fidalgo Aprendiz" dirigida pelo Dr. Osório Mateus, Professor do 7ºano

( Mais aqui sobre o que foi aquele "O FIDALGO APRENDIZ ).

 

OFidalgoAprendiz003.jpg

Prog F Aprendiz c.jpg

  

 Nós, "Os Tubarões", além de termos participado na peça de Teatro com uma interpretação instrumental acompanhámos musicalmente alguns dos “Artistas” e encerrámos o Sarau com um espectáculo próprio.

Vivíamos um dos períodos de maior destaque na nossa carreira musical com solicitações de todo o País tocando práticamente todos os fins de semana com cachets elevados mas havia algum tempo que o público de Viseu não nos ouvia.

Desconhecendo-se até hoje se terá sido uma coincidência fortuita, nos dias que antecederam o Sarau gerou-se algum borburinho no meio estudantil por ter sido divulgada a opinião de uma professora do Liceu que considerava pornográfica a letra do grande êxito musical dos Rolling Stones “Satisfaction”, música que fazia parte da nossa playlist com muito sucesso. Começou a gerar-se alguma expectativa sobre se nós iríamos incluir tal êxito na nossa actuação. Nós nada dissemos e deixámos ao José Merino, nosso vocalista, o critério de a interpretar no final da actuação se fosse pedido algum encore. E foi o que aconteceu. Após as 4 músicas previstas muito aplaudidas o “Zé” virou-se para trás e disse: “Vamos ao “Satisfaction”.

De imediato o Victor arrancou da sua Fender Stratocaster vermelha os acordes iniciais do "Satisfaction" e o público mais jovem, ainda surpreso, começava a acompanhar-nos com palmas vibrando e saltando com excitação crescente ao ouvir a voz do Zé Merino a cantar:

"I can't get no satisfaction

I can't get no satisfaction

'Cause I try and I try and I try and I try

I can't get no, I can't get no ..."

03 00 670300Cineteatro SPedrodoSul.jpg

 (José Merino e Victor Barros com a Fender Stratocaster vermelha)

 

Mas foi sol de pouca dura. Alguns minutos depois todo o Ginásio ficou às escuras.

O Reitor tinha mandado cortar a luz. Durante alguns minutos o José Merino ainda continuou a cantar o refrão do “Satisfaction” acompanhado pela bateria e um coro de entusiastas no público mas o destino estava traçado. O Reitor veio à frente do Palco dar-nos a ordem para terminarmos a actuação.

E assim terminou o Sarau de 1967 muito comentado nos dias seguintes por toda a cidade e considerado um grande sucesso.

Ainda se especulou que aos elementos do Conjunto alunos do Liceu seria levantado um processo disciplinar, facto que nunca veio a acontecer.

 

Fontes: “infância em terra pequena” de Luis Canavarro.

Agradecimento ao Fernando Matos.

 

porep

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.