Este blog descreve momentos da vida da banda portuguesa de rock "Os Tubarões" de Viseu, entre 1963 e 1968. This blog describes rock portuguese band moments of life "Os Tubaroes", Viseu, between 1963-1968. Os Tubares, Viseu
01 de Março de 2010

    Um dos maiores êxitos do cinema estreou em 1961. Trata-se de uma obra ímpar , "WEST SIDE STORY" , um filme que marcou toda a juventude dessa época de ouro e de referência chamada "os 60s.". Inovou, fez moda, lançou hábitos e comportamentos que se reflectiram no dia a dia dos jovens em todo o Mundo.
O enredo do filme, o formato, a qualidade musical e o casting eram excepcionais como o comprovam os inúmeros prémios obtidos, nomeadamente 10 Óscares e mais de 15 outros prémios. Com um formato de opereta musical, abordando de forma inovadora o tema da emigração e integração dos jovens Porto Riquenhos em Nova York, e uma banda sonora assinada pelo génio de "LEONARD BERNSTEIN" Maestro, Compositor e Educador, ao tempo de todos conhecido pela televisão com a transmissão dos seus célebres Concertos para Jovens com a Filarmónica de Nova York, onde com uma excitação e entusiasmo únicos explicava os passos e o ABC da música, de toda a música, de qualquer tipo de música.

 
O filme, considerado um "Romeu e Julieta" moderno, retrata a luta pelo controlo do território (ruas) entre dois grupos de jovens rivais -"gangs", um de Nova York, os Jets, e outro de Porto Riquenhos, os Sharks. Durante um baile um dos líderes dos Jets (Tony) cruza-se com a irmã (Maria) do líder dos Shark (Bernardo) e nasce uma paixão impossível e proibida entre “gangs” rivais.
Do elenco fazem parte nomes como Natalie Wood, no papel de Maria, Richard Beymer, o Tony, Russ Tamblyn, como Riff, Rita Moreno como Anita e George Chakiris, como Bernardo. Eram os principais actores de um enorme grupo que dançava, representava e cantava obras imortais como Maria, Tonight, I Feel Pretty, América e tantos outras, grandes músicas que fizeram sucesso e perduram até aos dias de hoje.
…/…
Um desporto muito popular no início dos anos 60 era o Hoquei em Patins. Portugal liderava nos campeonatos da Europa e Mundial e os relatos transmitidos pela Emissora Nacional prendiam todos os portugueses aos aparelhos de rádio. Clubes locais disputavam campeonatos muito emotivos com rivalidades regionais muito saudáveis. E o hóquei em patins era um desporto popular entre os jovens. Em Viseu tínhamos o campo do Fontelo e o campo do Parque da Cidade. E a prática deste desporto também era fomentada nos estabelecimentos de ensino (Liceu e Escola Comercial), facultando tempo e alguns meios para tal.
Nos anos 61 a 63 o nosso grupo começou a consolidar-se no hóquei em patins que praticávamos no Parque da Cidade. Terá sido em meados de 61 que o nosso amigo Júlio, mais velho, forte, muito boneicheirão e irrequieto, Guarda-Redes e Treinador de Hoquei, nos motivou e mobilizou para a criação do Hoquei Clube de Viseu. E lá andámos a formar o Clube, a criar os meios e a formar equipa para entrarmos no campeonato. E o Clube fez-se.
…/…
Foi a 23 de Abril de 1963 que o filme West Side Story estreou em Portugal. E terá sido num dos primeiros fins de semana de Junho de 1963 que o filme chegou ao Cine-Rossio de Viseu. Lembramo-nos bem do muito que conversámos, discutimos e fantasiámos a propósito do filme, de N.I., dos personagens, das músicas, danças e gangs.
Em Viseu os Cafés eram os lugares priveligiados de encontro e convívio dos jovens com afinidades comuns. Assim havia o Café Rossio (estudantes e bilhares), o Café Bijou (futebol), o Café das Beiras (estudantes da Escola Comercial), o Monte Branco (estudantes do Liceu), etc.
Porventura inspirados no West Side Story, alguns destes convívios deram origem a grupos com interesses específicos comuns e que tinham nomes próprios. Lembramos o grupo “Roça o tojo” do Café Rossio, com interesse nos bilhares e futebol, o grupo Arranha Twist Clube, com a alcunha de “Os Xibos” por grande parte dos seus membros usarem pêra, sediado no Arranha Céus onde se reuniam e ensaiavam danças como o Twist e o Slop que exibiam nas matinées do Clube de Viseu, e o grupo “Só+2”, sediado na Cave da casa do Victor no Maçorim, com organização de festas, bailes e ensaios de danças, e convívio em ambiente de “garagem”. Este nosso grupo tinha regras próprias, quotas semanais, lanches e bailes às 4ªs e Sábados ao som dos discos de vinyl tocados num fabuloso gira-discos portátil Teppaz-Óscar. A admissão de novos elementos era preferencialmente aos pares escrutinada por todos os membros. E um dos membros recentes do grupo foi o Tó Fernandes, vindo de Moçambique, bom ginasta, tocava viola e tinha um repertório engraçado. E daqui nasceu a ideia de formar um conjunto, à imagem de Cliff Richard e The Shadows, no top de então. Após a peripécia da escolha de quem tocava qual instrumento veio a atribuição de um nome. E imperou a opinião do nosso vocalista José Merino, que nunca escondeu a admiração que tinha pelo George Chakiris, o Bernardo dos Sharks do West Side Story, impondo o nome daquele grupo. Nasceu assim no último trimestre de 1963 o conjunto "OS TUBARÕES" com António Nogueira Fernandes (fundador e o único que sabia tocar viola e ficou o solista), José Merino (vocalista), Victor Barros (viola ritmo), Luis Dutra (viola baixo) e Eduardo Pinto (baterista).


http://www.myspace.com/tubaroes 

os.tubaroes.viseu@gmail.com
Eduardo Pinto, 2010-02-28
 

publicado por os tubaroes, Viseu às 01:12
:
Os Tubarões em livro: porViseu'60s.
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últimos comentários
Que memórias boas!
Isabel Corujão favor envie e-mail de contacto pois...
Ficava muito grata se me dispensasse esses materia...
Temos fotos originais e texto da peça. Tentaremos ...
Vi com muito interesse este post e fiquei com curi...
Cornélio,Obrigado e um abraço,Eduardo pinto
Eduardo, parabéns pelo trabalho de pesquisa! Muito...
ja tenho o livro que comprei na FOTO GERMANO..está...
Eduardo vou com certeza partilhar a tua obra, pare...
O livro será posto à venda a 26 de Setembro de 201...
blogs SAPO