Este blog descreve momentos da vida da banda de rock "Os Tubarões", de Viseu, Portugal entre 1963 e 1968. This blog describes rock band moments of life "Os Tubaroes", Viseu, Portugal between 1963 and 1968.
04 de Dezembro de 2011

 

 

O CINE ROSSIO

(do livro porViseu60s - Informações em porviseu@sapo.pt )

 

 

 

 

 Cine Rossio.

 

 

A partir de 1961 Viseu tinha uma única casa de espectáculos activa: o cinema Cine-Rossio localizado nas traseiras da Câmara, que iniciou as suas actividades em 1952. O edifício dispunha de três pisos e, dizia-se, tinha sido construído para albergar uma garagem: o piso -1, ao nível do actual Mercado, era um Salão de eventos onde se realizavam os bailes de Finalistas; no piso 0 situava-se a sala de cinema em anfiteatro, com um palco com boca de cena a toda a largura da sala mas com uma pequena profundidade de +- 2,5m, o que era uma grande limitação para outros espectáculos, com uns camarins rudimentares. Tinha 2ª e 1ª Plateias, e ao fundo da sala um conjunto de 12 Frisas de 6 lugares extensíveis a 8. No Piso 1 tinha o Bar e a Cabine de Projecção. Havia cinema às 3ªs, normalmente cowboys ou filmes de pancadaria, 5ªs Sábados e Domingos.

 

Embora com grandes limitações de área de palco também se realizavam alguns espectáculos no Salão de Cinema do Cine Rossio. Por ali passaram a Escola de Acórdeãos de Mário Costa, o Carlos do Carmo, o Conjunto Académico João Paulo e a Tonicha, entre outros.

Acompanhando o sucesso crescente da música ligeira dos anos 60's surgiram muitos filmes musicais. E nos Cinemas começou a moda de, aos intervalos da projecção destes filmes, actuarem os novos conjuntos Pop o que também aconteceu no Cine Rossio nos anos de 1965 e 1966 onde nós, Os Tubarões, actuámos inúmeras vezes.

 

 
 
.espectáculo.no.cine.rossio.  

    

 

   Regressámos à nossa linda terra, às aulas, aos ensaios no Cine Rossio, aos bailes, aos espectáculos e aos amigos.

E Viseu recebeu-nos muito bem. Toda a cidade falava connosco. E a nossa vida agitou-se ainda mais.

Aumentaram as solicitações, os contactos, os contratos e o nosso cachet subiu.

Com o fotógrafo Germano, artista impar que retratou a cidade como ninguém e que nos deixou um arquivo de imagens de Viseu que são um património único, fizemos várias provas fotográficas com diversos fins. Uma das fotos, tirada no Hotel Grão Vasco, deu origem a um postal ilustrado, disponível em vários expositores e cafés da cidade, e que foi record de vendas na cidade durante vários anos.

O Sr. Severo queria fazer um espectáculo no Cine Rossio para nos apresentar em Viseu após a nossa participação na final do IÉ-IÉ. O mesmo ficou marcado para 28 de Maio, aproveitando a projecção da comédia musical Every Day’s a Holiday com Freddie and The Dreamers, John Leyton, Mike Sarne, Ron Moody, Liz Fraser entre outros. Foi o nosso 1º Concerto em Viseu depois da final do IÉ-IÉ. O preço dos bilhetes era de 5$50 para a 2ªPlateia, 9$50 para a 1ª Plateia e 12$50 para as poltronas. As Frisas (6 lugares) eram a 57$50. Sessão completamente esgotada com todas as frisas com cadeiras extra. Foi um sucesso que terminou tarde com vários encore, muitos pedidos do Clube de Fãs, e uma dedicatória especial do “E que tudo o mais vá pró inferno” para umas fãs do Brasil que haviam chegado para umas férias em Vil de Soito. Foi um espectáculo muito divertido e animado."

 

publicado por os tubaroes, Viseu às 21:53
 O que é? | | favorito
Os Tubarões em livro: porViseu'60s.
Ler livro aqui
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últimos comentários
Que memórias boas!
Isabel Corujão favor envie e-mail de contacto pois...
Ficava muito grata se me dispensasse esses materia...
Temos fotos originais e texto da peça. Tentaremos ...
Vi com muito interesse este post e fiquei com curi...
Cornélio,Obrigado e um abraço,Eduardo pinto
Eduardo, parabéns pelo trabalho de pesquisa! Muito...
ja tenho o livro que comprei na FOTO GERMANO..está...
Eduardo vou com certeza partilhar a tua obra, pare...
O livro será posto à venda a 26 de Setembro de 201...
blogs SAPO