Este blog descreve momentos da vida da banda de rock "Os Tubarões", de Viseu, Portugal entre 1963 e 1968. This blog describes rock band moments of life "Os Tubaroes", Viseu, Portugal between 1963 and 1968.
18 de Março de 2012

Legenda (esqd/dir): Carlos Alberto Loureiro (teclas), José Merino (vocalista), Victor Barros (viola ritmo), Valdemar Ramalho (viola solo), Luis Dutra (viola baixo) e Eduardo Pinto (bateria), na Galeria do Salão de Café do Casino, em Agosto de 1968.

 

Os Tubarões irão regressar ao Casino da Figueira da Foz no próximo dia 31 de Março, Sábado, a partir das 18H00 na sessão de apresentação do livro porViseu'60s que relata a vida do conjunto entre 1963 e 1968 descrevendo a sua carreira musical devidamente enquadrada na época e no modus vivendi dos anos 60’s.

 

No livro é dado especial destaque à importância do Casino na carreira musical do conjunto, que entre os anos 1965 a 1968 ali animou os meses de Verão e onde os seus elementos se cruzaram com inúmeras vedetas e músicos profissionais de grande craveira que os apoiaram e ajudaram a crescer musicalmente quer individualmente quer colectivamente.

 

Também são referidos episódios inéditos da vida do conjunto como a explicação das razões da sua mudança do Restaurante O Tubarão, que inauguraram em Agosto de 1965, para o Casino, algumas aventuras e desventuras, e são referidos alguns dos inúmeros amigos que então fizeram.

 

“.os.amigos.

Na Figueira da Foz fizemos muitas e grandes amizades as quais perduram até aos dias de hoje.

 

Recordamos o grupo da Figueira com muitos amigos como o Victor Pais, os irmãos Beja com a sua Vela Solex, o Jorge Raio e o seu Fiat 600, o Cró, o Jobé, o Zé Lemos, o Gina, o Beli e ainda as Primas Seco, a Manuela Bolacha, e a Fernanda.

O grupo de Coimbra liderado pelo Né Brinca com o seu Hilman Imp, o Cortesão;

O grupo muito animado de Maiorca com as manas Pontes de Sousa, o grupo de Lisboa com as manas Pétinhas, o grupo Espanhol liderado pela Api e pelo Manolo e os Holandeses liderados pelas manas Yoko.

Muitas e boas saudades.

 

E não podemos esquecer os lugares por onde passávamos como o Café Nicola com o seu famoso bife à café, os pregos da Sacor junto à Estação de caminho de ferro, as Paellas na Praia com o grupo espanhol, a Serra das Óptimas Viagens, o Clube de Ténis, as festas na casa do Vitor Pais, etc …. sem nunca faltar o amendoim, sempre do melhor e bem torradinho, e as melhores pevides do mundo que o Sr. Loureiro nunca se esquecia de nos abastecer.”

 

…in porViseu’60s, pag.88

 

publicado por os tubaroes, Viseu às 15:49
 O que é? | | favorito
Os Tubarões em livro: porViseu'60s.
Ler livro aqui
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últimos comentários
Que memórias boas!
Isabel Corujão favor envie e-mail de contacto pois...
Ficava muito grata se me dispensasse esses materia...
Temos fotos originais e texto da peça. Tentaremos ...
Vi com muito interesse este post e fiquei com curi...
Cornélio,Obrigado e um abraço,Eduardo pinto
Eduardo, parabéns pelo trabalho de pesquisa! Muito...
ja tenho o livro que comprei na FOTO GERMANO..está...
Eduardo vou com certeza partilhar a tua obra, pare...
O livro será posto à venda a 26 de Setembro de 201...
blogs SAPO